quinta-feira, fevereiro 22, 2024
spot_img
InícioProjetosO conceito de caridade e como costumamos aplicá-la

O conceito de caridade e como costumamos aplicá-la

image_pdfimage_print

Caridade é uma das palavras conhecida em diversas culturas do mundo, no português, esta teve sua origem vinda do latim, “caritas” – algo como amor (uma espécie de amor incondicional), que por sua vez descende do grego “cháris”, que quer dizer graça, a mesma origem de “caro”, ou seja, aquilo que lhe possui valor. Na boa parte das vezes é muito utilizada com finalidade religiosa, embora possa ocorrer variações na ideologia.

• Texto – Mestre Eduardo Henrique

Encontraremos em diversos idiomas palavras diferentes, mas com conceito parecido e caridade é uma delas. Mesmo com tamanha diversidade religiosa, o que todas acabam tendo em comum é o pensamento de que caridade é ajudar no que é realmente importante para a vida. E erroneamente muitos acabam usando para pedir coisas superficiais, como em casos de magias em que buscam um mago e solicitam uma “missãozinha de caridade” que seria trazer uma pessoa amada de volta forçadamente impedindo as escolhas e o viver de alguém, ou destruir uma pessoa que vem incomodando… estes aproveitadores se colocam numa condição de “mais necessitados”, pedindo de tais formas como se aquilo fosse um bem essencial, exigindo vantagens daqueles que buscam executar a caridade com frequência e para evitar a má utilização, além de uma informação equivocada, é extremamente necessário entender suas origens, como a praticamos e costumamos sugerir para os nossos membros.

CARIDADE EM DIFERENTES LÍNGUAS E CULTURAS

O Cristianismo afirma que a caridade é o “amar ao próximo como a si mesmo”, o arrependimento, o aceite do perdão (PAI NOSSO: perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido), são formas de expressar a caridade cristã. Jesus também ensinou “Amar a Deus sobre todas as coisas”, isto para os cristões constitui a parte fundamental da caridade.
Doar esmolas não é única forma de expressar a caridade, abraçar alguém e orientar o que menos é ajudado, são formas muito louváveis pelos cristões.

No Espiritismo, entende que a caridade é um dever moral de todo homem e que não se resume apenas ao auxílio material. A Doutrina Espírita (Kadercista) segue ensinamentos cristãos e entende que sem praticar a caridade, não há salvação. E esta caridade pode ser vista em orar pelos aflitos, levar conhecimentos, doar para quem precisa, proporcionar tratamentos espirituais. Mas estas práticas não são aplicáveis apenas entre os encarnados, pois há a crença em vida após a morte, e podemos analisar que o Espiritismo tem a prática de resgate dos espíritos que se encontram atormentados, buscando clareza e salvação, e levar caridade independente da dimensão, é um ato de compaixão.

Para o Judaísmo, caridade é conhecida como ‘Tsedacá’, que vai muito além de ajudar aquele que menos tem, a palavra significa “um ato de justiça”, vista não apenas como um ato de bondade, mas como um dever e obrigação de todos, tal como pagar uma dívida.
Quando o universo nos proporciona a oportunidade de ter um emprego, a caridade é devolver aquilo que foi proporcionado, sendo assim, conseguir arrumar um emprego para uma pessoa é visto como ato de justiça. O rabino Jacques Cukierkorn foi um dos convidados em anos anteriores na web rádio do Universo e Cultura, e o mesmo declarou que a caridade possui seus limites, pois até mesmo em dízimos o necessário é 10%, valores bem acima deste, poderá levar uma pessoa a falência e caridade é devolver, doar, aquilo que não prejudicará. O rabino ainda concluiu “caridade que nos torna pobre e enriquece alguém, não é caridade”.
No conceito judaico é possível que a caridade não seja manifestada apenas em dinheiro, mas em atitudes.

O Budismo interpreta a caridade como a primeira das seis perfeições ou Paramitas (dana parami: generosidade, doação), apresenta similaridades à ideia cristã de caridade. Estes gestos de estar ao lado de quem se sente sozinho, doar aos que necessitam, perdoar aquele que errou… são formas de alcançar a iluminação.

Na Umbanda, os primeiros ensinamentos surgiram do espírito que veio através da mediunidade de Zélio Fernandino de Moraes. Os ensinamentos se baseiam não apenas em doações, mas em transformações. Quando ajudamos a transformar a vida de alguém para melhor, cooperando com seu bem-estar sem esperar nada em troca, é a definição adotada pela Umbanda do que vem a ser caridade.

A BANDEIRA QUE SEGUIMOS

O Universo e Cultura possui projetos que são inteiramente gratuitos e que não precisam de nada em troca, nem mesmo depoimentos ou agradecimentos. Eles são totalmente voltados ao que seja de real importância para melhoria na vida das pessoas, as práticas que envolve gastos financeiros dedicamos apenas aos que estão totalmente necessitados e com o que realmente entendemos ser passível de caridade, porque caso ao contrário, não teríamos como ajudar se fossem utilizados dinheiros que reservamos a amparos com qualquer pessoa sem ter uma situação necessária (é como tirar o alimento para dar aquele que quer por mero prazer, sendo que pode aparecer alguém necessitado e com fome, consequentemente não sendo possível usar aquele recurso porque acabou sendo usado de maneira qualquer).

CARIDADE PELA ESPIRITUALIDADE
Praticamos de forma voltada apenas para o bem-estar e crescimento, não sendo aplicável a nada que envolva relações amorosas, vinganças, adivinhações (por oráculos) e feitiços… É possível saber a lista completa de práticas espirituais que estão dentro do nosso projeto “LUZ PARA TODOS”, vejamos;

• Levando Àṣẹ – mesmo que a pessoa não tenha condições financeiras para ebós ou precisa de ajuda espiritual, na religião dos Òrìṣà e Ifá existe práticas simples que pode ser destinadas a caridade, um exemplo, podemos abrir um obi, rezar em prol da pessoa e ainda assoprar um pó sagrado para banir negatividades e trazer energias positivas, é como se fosse ‘um ato de firmeza’ ou ‘passe espiritual’. Na minha infância já tirei espíritos ruins que estava em possessões em pessoas apenas com um simples ato, um outro exemplo de caridade, a simplicidade ajudando quem não pode arcar com rituais de magias elaborados.

• Benzimentos – qualquer pessoa que tiver interesse, poderá solicitar e no tempo livre que dedicamos a esta parte, iremos realizar o benzimento no indivíduo. As ervas que usamos é da nossa própria plantação, o que faz não ser necessário pagar nada por isto. Benzemos para diversas finalidades, mas o método que será usado dependerá da nossa analise na momento, se é quebranto, mau-olhado, entre outros.

• Reiki – separamos em nosso calendário alguns momentos específicos para realizar de forma presencial ou a distância, mas não oferecemos cursos deste tipo em nosso projeto de caridade, apenas o envio de reiki para os pacientes.

• Banhos e defumações – muita das vezes aparece pessoas que por mais que orientamos, não tem condição nenhuma de executar devido a falta de recursos financeiros, mas quando a pessoa quer ajuda pra se limpar espiritualmente, pra ajudar amenizar sofrimentos, abrir caminhos, trazer saúde… usamos com base no nosso conhecimento adaptações com ingredientes que tenha em nosso centro e que não envolverá gastos financeiros, preparamos o banho de forma totalmente gratuita usando o que temos plantados em nosso jardim, pois sempre quando retiramos da natureza, ela nos proporciona de volta, tanto as cascas, flores e folhas… Muita das vezes temos o nosso ‘banho bandeira’ que é uma medicina tradicional familiar e religiosa, onde unimos diversas forças num único banho e podemos doar garrafadas para que levem para suas casas e utilizem.

• Emergência Espiritual Online – é um projeto de urgências, para questões de alta gravidade envolvendo riscos a vida e a segurança, onde o solicitante pode abrir o pedido e iremos o mais breve possível iniciar a ajuda. O tipo usando medicina espiritual, mas cabe analise para o que nossos voluntários possa decidir o que fazer de forma gratuita para ajudar. Seja consciente: evite solicitar sem ser uma urgência.

• Conhecimento sem fronteiras – existe páginas específicas no site em que envolve conteúdos públicos para estudos sobre a espiritualidade e como cuidar, consideramos uma forma de caridade, o ato de compartilhar alguns conhecimentos e materiais de forma gratuita (não inclui a parte privada do site: assinaturas e cursos que são pagos).

• Corrente Espiritual – são eventos que costumam ocorrer em alguns dias da semana onde fazemos diversas orações e rezas dedicando em prol daqueles que deixaram seus nomes e data nascimento, as as correntes fazem parte da APESC. Em algumas correntes inclui velas, e estas são compradas usando uma parte do dinheiro que juntamos através dos nossos trabalhos no U&C.

• Corrente de magia coletiva – costuma ter em algumas datas comemorativas e seria rituais de magia que permite incluir o nome e foto de diversas pessoas para direcionar a energia em prol delas. Este tipo de evento só pode ser solicitado a participação quando estiver na data de acordo com o calendário, mas quem se encontra na lista de transmissão costuma receber avisos de quando tem. Porém um rito em prol da coletividade, é bem diferente de algo voltado apenas para uma única pessoa. O ritual é custeado usando o que juntamos em serviços e produtos. Existe algumas correntes de magias coletivas que não são envolvidas com a caridade, pois possui objetivos que não são para saúde e proteção, estas costuma ocorrer contribuições de quem queira se juntar ao evento.

Consulta Espiritual – de frente com o médium transe dando passes espirituais e pequenas orientações. Esta prática ocorre apenas se caso fizermos uma seção espiritual aberta ao público, mas caso fizermos, não é necessário nenhum pagamento, se for necessário alguma orientação ou tratamento é realizado utilizando métodos desenvolvidos por nós mesmos para socorrer com base em nossas experiências.

 

AJUDAS HUMANITÁRIAS

No Universo e Cultura costumamos separar alimentos não perecíveis e doar a quem precisa, caso você ou sua família esteja em situações de vulnerabilidade, poderá entrar em contato que até mesmo costumamos nos unir e compramos cestas básicas para doar. Infelizmente não temos como fornecer abrigos para pessoas em situações de ruas, mas conseguimos fazer comunicações com parceiros que conseguem dar este suporte. Acreditamos que o que não tivermos recursos, podemos usar do nosso conhecimento para orientar ou encaminhar para quem pode.

Exemplo: durante a pandemia houve muitos brasileiros que estavam passando por situações delicadas e que vimos que tinha direito a auxílios do governo, mas não estavam conseguindo, e usamos do nosso conhecimento para ensinar como contatar a Defensoria Pública, o que fazer… consideramos como uma das formas de caridade, pois através daquela comunicação ajudou a melhorar a vida daquelas pessoas e através daquele dinheiro puderam garantir a sobrevivência de suas famílias, além de manter certos pagamentos de serviços essenciais. Os que participam de nossos grupos pela rede social Whatsapp e estavam conosco durante a pandemia podem lembrar que trouxemos conteúdos pertinentes a como se prevenir do Covid-19, além de diversas palestras que ocorreu de como se manter seguro e ao mesmo tempo poder cuidar da espiritualidade, e lembro que tinha muitas pessoas com muito receio até de comprar ervas e acabar ficando infectados, mas toda aquela informação fez muitos não perderem o foco e mesmo assim continuarem se cuidando de forma segura.

Ah! Amamos compartilhar projetos que possa ajudar pessoas, consideramos de utilidade pública, seja no esporte, psicologia e muito mais.

PROJETOS SOCIAIS

Fomos patrocinadores de diversos projetos ligados aos esportes, inclusive de lutas marciais e treinos funcionais, expandimos levando para algumas instituições religiosas, ajudando pessoas a vencer o sedentarismo e poder ter uma boa qualidade de vida através de atividades físicas. Em nosso espaço praticamos ioga, meditações, entre outros que é gratuito participar conosco.

Desde 2019 tivemos diversos cursos gratuitos para ajudar adquirir conhecimentos, principalmente na área de Desenvolvimento Humano, mini cursos sobre inteligência emocional, marketing digital e pessoal, como falar em público e etc, embora eram cursos livres e de curto período, ajudou muitas pessoas que não tinha condições de realizar nenhum curso. Até os dias atuais ainda costumamos trazer alguns cursos gratuitos anualmente, mas devido nosso ritmo de vida não é garantido que tenha sempre novos cursos.

O QUE VEM PELO UNIVERSO FICA POR AQUI!

O dinheiro que ganhamos através de nossos empregos são destinados a nossa vida pessoal. Mas o dinheiro que vem de serviços, produtos, assinaturas no Universo e Cultura, é usado inteiramente para a instituição. Usamos para destinar aos nossos projetos, sites, plataformas, reformas estruturais, e principalmente uma parte dele vai para caridade. Sendo assim, podemos afirmar que o Universo e Cultura tem a sua parte totalmente gratuita (onde contém a parte de caridade), porém tem uma outra parte paga que fica sob escolha daquele que tiver interesse em conhecer, mas não conseguimos fazê-los fiados ou gratuitamente porque já existe projetos gratuitos e de caridade conforme foram mencionados.

SUGESTÕES DE LEITURA
+ AMOR E - ÓDIOspot_img

NOVIDADES

ANITYA: O CONCEITO DA IMPERMANÊNCIA

Técnica para obter sonhos reveladores

Curso de Kimbanda

Jogo do ano de 2024 (Brasil/Mundo)